segunda-feira, 23 de outubro de 2017

É tudo farinha do mesmo saco!!! ✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

A consciência comum dos que ainda nutrem alguma capacidade de pensar com a própria mente solidificou a expressão que abre esse texto. Ela se aplica especialmente em relação aos políticos e administradores públicos, de TODAS as agremiações partidárias, sem exceção. É a sentença que mais se lê nas redes sociais, especialmente na parte reservada aos comentários: é tudo farinha do mesmo saco. É uma frase curta, mas de grande profundidade e efeito.                                                                          
Por essa simples razão fico me questionando como pode haver tanta sabedoria no meio de um povo cuja imensa maioria de eleitores geralmente opta nas urnas pela patifaria política reinante, que abriga a pior escória da sociedade, entregando-lhe os destinos políticos da sociedade. E o mais grave de tudo está em que esses delinquentes levados a fazer política, inclusive pelo voto democrático, são os detentores do direito de escolha dos integrantes da cúpula do Poder Judiciário assentada nos Tribunais Superiores, inclusive do STF, fechando-se o ciclo dessa nefasta dominação sobre a sociedade.
A população alvo dessa expressão concentra-se na política, infiltrada nos Três Poderes, e também nas lideranças do Poder Econômico, todos agindo em inescondível conluio, sob o manto da proteção das leis e constituições que eles mesmo encomendaram ou escreveram, deixando o povo totalmente à margem e submisso a esses preceitos legais. Não é, portanto, somente do setor público que surgem os integrantes da chamada organização criminosa, hoje mais conhecida na forma abreviada:  ORCRIM. A iniciativa privada também está presente nesse conluio por intermédio de grande contingente dos seus personagens mais poderosos, privilegiados do Poder Econômico, que nem reclamam do alto preço que pagam em propinas, a políticos e administradores públicos, pelos benefícios que recebem em contrapartida.
Por outro lado, a previsão expressa no parágrafo único do artigo primeiro da Constituição, pela qual todo o poder emana do povo, que teoricamente estaria atribuindo ao povo o poder soberano instituinte e constituinte, originário e derivado, não passa de simples ornamento demagógico, sem qualquer repercussão na realidade. A Constituição enganosa de 1988, por exemplo, feita pela ORCRIM da época, não dá qualquer sinalização sobre a maneira pela qual o povo poderia fazer valer o seu direito de que todo o poder emana do povo, que lhe é atribuído na própria Constituição. Os ilustres constituintes tentaram enganar e contornar esse problema ao escreverem a previsão constitucional da prática da democracia direta, do direito de exercício da soberania popular, por meio do plebiscito, do referendo ou da iniciativa popular. Ocorre que essa previsão constitucional não passa de uma baita mentira. De puro contorcionismo e malabarismolegal.                     
De fato, os eleitores podem tomar a iniciativa de propor alguma lei por iniciativa popular, por exemplo, desde que reúnam 1% (um por cento) de assinaturas dos eleitores, além do preenchimento de outras condições. Mas esse expediente pilantra que dá falsas esperanças ao povo tem a mesma validade que teria a de um só parlamentar qualquer apresentar um projeto de lei equivalente ao objeto da iniciativa popular. Ou seja, resumidamente, milhares de assinaturas de eleitores valem tanto quanto a iniciativa de um só parlamentar. Mas quem vai decidir mesmo, aprovar ou não o projeto, não são os proponentes da iniciativa popular, e sim a respectiva Casa Legislativa.
Resumidamente, não há possibilidade prática de fazer-se democracia direta por iniciativa popular sem o aval da respectiva Casa Legislativa. Onde estaria, então, a propalada democracia direta? Como denominar de democracia direta o simples direito de propor alguma lei e não o de aprová-la ou rejeitá-la?  Na esfera federal pouquíssimas foram as iniciativas populares que resultaram aprovadas no Poder Legislativo. E sempre que isso ocorreu deveu-se à coincidência dos interesses dos eleitores proponentes com os do Poder Legislativo.
Já em relação ao plebiscito e referendo, que são as outras duas modalidades de democracia direta, tudo vai depender exclusivamente da vontade, da iniciativa e dos interesses dos Parlamentares. Que democracia direta seria essa, então?
Vê-se, por conseguinte, que em última análise o grande mal do Brasil não reside no DESCUMPRIMENTO da Constituição, como geralmente afirmam. É exatamente o contrário. O problema maior está no seu CUMPRIMENTO. Como ter fé numa constituição feita por uma ORCRIM? Feita por um bando de criminosos organizados em quadrilha, espalhados nos Três Poderes, e em grande parte do Poder Econômico?
Tudo isso significa que não se pode depositar qualquer esperança que o Brasil saia do buraco moral, político, social e econômico em que o meteram, mediante uso dos remédios admitidos pela Constituição. Além do mais há bastante tempo o Brasil deixou de viver no proclamado estado-de-direito. Hoje o Brasil caminha na via oposta, no estado-de-(anti)direito. Isso se dá por uma simples razão: as fontes do direito, consistentes na lei, na jurisprudência, na doutrina e nos costumes, estão totalmente corrompidas, construídas e dirigidas por elementos da própria ORCRIM. E tudo se passa à sombra de uma Constituição que dá plena legitimidade e garantia a toda essa situação de total descalabro político.
Rui Barbosa, patrono da advocacia brasileira, afirmou certa vez que a força do direito deve prevalecer sobre o direito da força. É verdade. Mas isso deve se dar em situações de plena normalidade do estado-de-direito, que não é o caso do Brasil de hoje. E o flagrante estado-de-(anti)direito vivido no país, pela corrupção e inversão total dos valores do estado-de -direito, sem dúvida autoriza excepcional e provisoriamente a inversão do que afirmou Rui Barbosa. Só o direito-da-forçaseria capaz de corrigir as distorções políticas  vivenciadas, e só quem o possui legitimamente são as Forças Armadas, que no caso estariam agindo em nome e representação do povo, na defesa da pátria e garantia dos legítimos poderes constitucionais - hoje usurpados pela tirania política  que se adonou do poder -  legitimamente resguardada pela disposição do  art. 142 da Constituição, garantindo a esse povo o direito constitucional que sempre lhe foi sonegado todo o poder emana do povo. Após uma rápida transição, com as reformas emergenciais necessárias, a força do direito poderia voltar a ocupar novamente o seu lugar de maior destaque.
Sérgio Alves de Oliveira -  Advogado e Sociólogo

Resumo da viagem de Jair Bolsonaro aos EUA

video

Bolsonaro continua subindo nas pesquisas e começa a incomodar a Máfia

É incrível! Em pesquisa realizada, o Blog constatou que a maioria do povo brasileiro deseja que: as Forças Armadas assumam o poder, faça uma limpeza no Executivo, Legislativo e Judiciário, mostre “que é pau pra comer sabão e pau pra saber que sabão não se come”. Mande esse bando de mafiosos para o inferno e devolva a paz a esse país. 
No entanto, como as FFAA estão sucateadas e seus comandantes preferindo se manter na Zona de Conforto, Jair Bolsonaro seria a opção de os militares retornarem ao poder pelo voto.
Porém, aí vai um alerta! Voando pelo Brasil, como fazia o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, morto em um estranho acidente de avião, Bolsonaro corre perigo! A Máfia não perdoa intrusos no seu campo de atuação.
Hoje, sinceramente! Quero estar errado, mas acredito que o ex-capitão do Exército precisa redobrar a atenção, porque a sua Ascensão Meteórica já começa a incomodar o Crime Organizado. E, pelo visto, ele não deixa rastro.
Polêmico, o pré-candidato à presidência da República, na última quinta-feira (19), em visita a Uberlândia (MG), ovacionado pelo público presente, que na sua maioria era composto por empresários convidados, ele defendeu o porte de armas para todos os cidadãos, a exclusão da ilegalidade em homicídios cometidos pela Polícia Militar e a defesa da propriedade privada com armas. "Se um cidadão tem sua casa ou terra invadida, ele tem que ter o direito de abrir fogo contra o invasor".
Ao fim, defendeu o posicionamento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação aos imigrantes, e afirmou que pretende repetir algumas condutas. E, continuando, disse: "Quem quiser vir de outro país morar aqui vai ter que se submeter a critérios rigorosos, porque eu não posso prejudicar o meu povo para que outros sejam atendidos".

Acelera trabalho escravo

Chamado de pedófilo, Caetano Veloso processa MBL e Alexandre Frota

Paula Lavigne tinha 13 anos quando Caetano manteve relações sexuais com ela. Aos 16 anos, ela fez aborto.

Alexandre Frota disse no Twitter que "o juiz vai me chamar e perguntar porque Caetano é pedófilo? Vou responder: ele com 40 anos tirou a virgindade de uma menor de 13. Simples".
Caetano Veloso e Paula Lavigne, empresária e mãe dos filhos do cantor, estão processando o Movimento Brasil Livre (MBL) e o ator Alexandre Frota depois de o grupo postar nas redes sociais que Caetano teria cometido pedofilia ao manter relações sexuais com Paula Lavigne. Os dois se casaram quando ela tinha 13 anos e ele, 40. As informações são do jornal Folha de S.Paulo
Após o MBL divulgar que está sendo processado pelo casal, a hashtag #CaetanoPedofilo passou a liderar a lista de trending topics do Twitter com mais de 30 mil citações, que está sendo usada, sobretudo, para atacar Caetano.

Bolsonaro da surra em Lula em nova pesquisa presidencial ✰ Comentário de Joice Hasselmann

video

Maria do Rosário encena virtude após tragédia de Goyases mas dá piti após exposição de seu passado de apoio a Maduro

A petista Maria do Rosário, madrinha honorária da bandidagem nacional me bloqueou por causa deste “afrontoso“ tuíte. A nobre deputada que presta um dos maioresdesserviços ao país, logo após o crime de Goiânia, foi para o Twitter culpar terceiros pelo ocorrido. Com sua costumeira má-fé e desprovida da mínima comiseração que lhe era exigida.
Notem pelo tuíte que a indigitada parlamentar não se preocupa em momento algum com as vítimas e seus familiares. O negócio dela é apenas politizar a triste situação e tirar um proveitozinho. Ela deve saber que o criminoso mirim fez o que fez, provavelmente, em virtude das políticas que ela defende, políticas estas que criaram uma geração de floquinhos de neve e pessoas sem responsabilidade alguma por seus atos.

Sou a favor do casamento gay

Jornalistas premiaram Chico Alencar e Randolfe Rodrigues, mas o público foi de Eduardo Bolsonaro e Magno Malta

Após tudo o que saiu no noticiário brasileiro, soa estranho falar em prêmio para parlamentar. Mas a verdade é que o Congresso em Foco existe desde antes da deflagração da Lava Jato. Em sua edição 2017, o prêmio inovou ao realizar três votações distintas: além do júri, público e imprensa escolheram os melhores senadores e deputados federais.
No primeiro grupo, Ana Amélia (PP-RS) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) dividiram o prêmio no Senado, enquanto Alessandro Molon (Rede-RJ), aquele que tem quebrado recordes de aparições nos telejornais da rede Globo, ficou com a vitória na Câmara Federal. O público optou por conferir vitórias graúdas ao senador Magno Malta (PR-ES) e ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), ambos com mais que o dobro da votação do segundo colocado – contudo, e estranhamente, o pai deste não aparece na lista de votados.
A imprensa escolheu dois nomes ligados ao PSOL, ainda que o segundo já esteja no REDE. Os 73 jornalistas de 45 veículos de comunicação escolheram Chico Alencar como o melhor parlamentar da Câmara, com Randolfe Rodrigues despontando no Senado.
Para a máxima surpresa de ninguém.

Marco Antonio Villa detona o dissimulado e desequilibrado Ciro Gomes

video

Cartórios poderão emitir RG, carteira de trabalho e passaporte

Cartórios de todo o país devem começar, em breve, a servir como apoio a órgãos estaduais e federais na emissão de documentos como RG, passaporte e carteira de trabalho. Segundo a Associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg-PR), o serviço, cujos convênios já estão sendo discutidos, podem começar a valer ainda em 2017. O principal propósito é diminuir os transtornos para quem precisa emitir documentação sem enfrentar longas filas nas repartições públicas.
A novidade é possível graças às mudanças na Lei de Registros Públicos. Sancionadas em setembro, as alterações permitem que os cartórios firmem convênios com órgãos federais, estaduais e municipais para auxiliá-los na emissão de documentos.
“Para isso começar a vigorar é preciso firmar convênios com as entidades, mas a ideia é agilizar. Estamos contando que até final do ano já tenhamos o serviço”, comenta Elizabete Regina Vedovatto, diretora da Anoreg-PR .
Quem precisa emitir passaporte e mora em uma cidade onde não tenha delegacia da Polícia Federal próxima, por exemplo, poderá ir diretamente ao cartório da cidade e apresentar a documentação necessária. Os papeis serão encaminhados à PF e, ao final, o documento poderá ser retirado no próprio cartório. O mesmo vale para outros documentos, com a documentação sendo encaminhada pelo cartório ao órgão emissor.
“Essa documentação vai funcionar igual hoje. No caso do RG, por exemplo, quem vai expedir continua sendo a Secretaria de Segurança Pública . Nós só vamos fazer a parte da documentação, encaminhar e receber por malote o documento no cartório. A emissão não muda, só o órgão arrecadador muda”, ressalta Elizabete. “Já temos dados, informações e toda a estrutura de que precisamos para colocar isso na prática”, enfatiza.
Certidão de óbito e de nascimento
Outra mudança na Lei de Registros Públicos altera o registro de óbito. Anteriormente, os óbitos eram feitos somente no local de falecimento. Agora, ele poderá ser realizado também no município de residência da pessoa, desde que com apresentação de atestado médico ou declaração de duas testemunhas da morte.
Já os registros de nascimento apresentaram alteração na indicação de naturalidade do bebê. Os pais poderão escolher como naturalidade da criança o local de nascimento ou a cidade de residência da mãe, levando em conta que alguns municípios do país não possuem maternidade. A mudança já estava sendo aplicada por meio de publicação de Medida Provisória, desde abril, e se mantém com a sanção do presidente.

Canadenses morrendo de inveja de brasileiros

Dom Lulone, um amigo indesejado

O homem parece ter olho de pimenta e poderá puxar o Sírio Libanês para o abismo

Se você algum dia pensou em ser amigo do ex-presidente, ex-palestrante, Réu e agora condenado, Lula da Silva, acho melhor mudar de ideia. O homem por onde passa deixa um rastro meio fedido. Observe que todos os amigos dele, a começar por Celso Daniel, aquele prefeito petista que foi assassinado, só se deram mal.
Agora, quem estar com o dele na reta é o Hospital Sírio Libanês. Assíduo frequentador da renomada unidade hospitalar na qual cultivou várias amizades, Lula pode arrastar a administração daquela casa de saúde para o caminho da desgraça. Pois, pelo visto, alguém estar mentindo: o “laranja” Costamarques afirma que em 2015, quando estava internado, recebeu a visita do advogado Roberto Teixeira e que o mesmo, levou os "recibos falsos", para serem assinados todos de uma só vez. Por outro lado, Teixeira diz ter encontrado com o engenheiro Glaucos da Costamarques apenas no saguão do hospital
Enquanto que o Hospital, mais de uma vez, tem afirmado não ter registro da visita de Teixeira a Costamarques. Logo, alguém deve estar mentindo ou omitindo e se a Justiça quiser, vai pegar o mentiroso e, com isso, Lula empurrará outro amigo para o buraco.
Li na imprensa, que o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, confirmou ao juiz Sérgio Moro que não encontrou registros de visitas de Roberto Teixeira no ano de 2015. É a segunda vez que a instituição confirma o fato, ambas a pedido do magistrado de Curitiba.
A requisição de Moro foi feita após Teixeira, que atuou como advogado do ex-presidente Lula, relatar encontro com o engenheiro Glaucos da Costamarques no saguão do hospital.
Segundo a força-tarefa da Lava-Jato, Glaucos da Costamarques atuou como laranja do ex-presidente no recebimento de supostas propinas da empreiteira Odebrecht. Portanto, esse, assim como Teixeira, já "SIFU". Agora vamos ver como ficará a situação do Sírio Libanês.

Ligações complicam Lula no caso dos recibos ✰ Comentário de Felipe Moura Brasil

video
Tudo indica que a prisão de Bumlai preocupou o advogado Roberto Teixeira, que tratou de articular a quitação do aluguel para simular que o apartamento de São Bernardo do Campo não havia sido usufruído por Lula como propina da Odebrecht, analisa Felipe Moura Brasil.

Globo antecipa fim da novela, pra estancar derrocada vinda de rejeição

Globo joga a toalha, abre mão de audiência alta pela 1ª vez em sua história, em tentativa desesperada de amenizar rejeição

Emissora em turbulência. Crescente de rejeição, principalmente em Redes Sociais, somado a prejuízos de patrocinadores, com seus produtos violentamente boicotados, exigem da emissora iniciativas inéditas.
A Força do Querer, trama do folhetim do horário nobre, vista como um dos estopins da antipatia popular, diante da apologia ao crime, banalização do adultério e overdose no priorizar questões sexuais, foi a primeira vítima.
Nem belos índices de audiência a livraram da degola; ordem veio de cima e surpreendeu a todos.
Inicialmente com final previsto em novembro, teve seu final antecipado, verdadeiro ataque à harmonia, atropelando fatos e criando cenas não condizentes com o real; morte de Irene exemplo maior.
População acostumada com o arrastar, precisa correr pra acompanhar.
Outra pedra no caminho foram vendas de aparições pagas de cantores, principalmente sambistas e artistas do norte.
Estudantil a totalmente esquecida e Boteco de Nazaré transformado em prestigiada Casa de Shows, recebendo famosos dias sim, outros também.
O último capítulo promete o atropelo final. Evite ir no banheiro, rápido pra não perder o final sem pé nem cabeça, de muitos personagens.
Pelo jeito lição aprendida. Diretores responsáveis pelos excessos, caminho sem volta pra geladeira e a nova ordem é despoluir.
Assuntos inspiradores da Reação Popular claramente deixados de lado.
Chega de bandidos simpáticos, trans, três, doisso ou o que seja.
Basta de abordar sexualidade como prioridade ou chamar pornografia e desvios de conduta como arte.
Fantástico foi outro carro chefe a merecer atenção.
Pânico instalado. Se confirmado boicote do dia 22/10, colapso traria consequências trágicas.
Não se descarta possibilidade de Record liderar audiência no Domingo, pela primeira vez na história.
Ordem não é desligar TV ou migrar pra Canal Fechado, mas sintonizar a concorrência no Aberto.
Emissora da vantagente a Bono do U2, na tentativa de reverter.
Pra quem não sabe, Jabá é o valor pago por artistas, pra aparecer em programas, divulgando shows, filmes, CDs ou outros lançamentos.
Jabá - Sair do Programa do Fausto e do Fantástico são os mais caros da TV brasileira e Bonosi se apresentará "di grátis "
Tática é usar pergunta "Tá sem moral o Fantástico?", passando impressão de prestígio com presença do astro população e aumentando audiência.
Não bastasse, presentearam o Vocalista U2 com "Merchan" Freeman, em formato de jornalismo.
Veicularam o "pop star" interagindo com fãs, coincidente mente em frente em bilheterias de vendas de ingressos do seu Show.
Confirmado. Não existe Poder Intocável. Diante da ira popular, até o Diabo faz sinal da cruz.

Dinheiro público - Antes & depois

Prefeito petralha de São Leopoldo RS vira réu por suspeita de desvio de verbas públicas

De acordo com o Ministério Público, Ary José Vanazzi desviou mais de R$ 630 mil em contratos superfaturados.

O prefeito de São Leopoldo, Ary José Vanazzi (PT), teve uma denúncia aceita pelos desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) na quinta-feira e tornou-se réu no processo que apura desvios de verbas públicas. De acordo com o Ministério Público, ele causou um prejuízo que pode chegar a R$ 635.807,98 com contratos superfaturados.
Segundo a denúncia, dois contratos firmados entre a prefeitura e uma empresa de prestação de serviços gerais e limpeza, que atuaria nas escolas municipais de ensino fundamental, foram superfaturados.
A advogada de defesa do prefeito, Maritânia Dallagnol, disse considerar a denúncia infundada.

Resposta pra Globo

video

A terceira condenação de Sérgio Cabral

É bom lembrar que é só o começo, apesar de 72 anos e quatro meses representarem uma pena que poucos bandidos neste país já receberam, a maioria chefes de quadrilha do tráfico. 
- Lava Jato em Curitiba: condenado pelo juiz Sérgio Moro a 14 anos e dois meses de prisão 
- Lava Jato no Rio: 
- Calicute: condenado pelo juiz Marcelo Bretas a 45 anos e dois meses de prisão 
- Mascate: condenado pelo juiz Bretas a 13 anos de prisão 
Cabral ainda será julgado em mais 13 processos no Rio de Janeiro. Mas podem apostar que não vai ficar só nisso. Outras investigações estão a pleno vapor. No final suas penas vão somar em torno de 400 anos. 

Trilha do Baton 4ª Edição - Campos dos Goytacazes RJ

Viúvo flagra enfermeiro abusando sexualmente de sua mulher em necrotério

Grover Macuchapi irá responder processo por violação de corpo e atos obscenos

Um enfermeiro identificado como Grover Macuchapi Calle, de 27 anos, foi preso como suspeito de abusar sexualmente do corpo de uma mulher, de 28, no necrotério de um hospital em La Paz, na Bolívia. O flagrante foi feito pelo próprio marido da morta ao entrar na sala para se despedir de sua amada. A notícia foi divulgada em jornais como o El Ciudadano e o La Prensa. 
A vítima foi dada como morta uma hora antes do crime, ocorrido na última segunda-feira. Macuchapi, que teria afirmado estar em transe "como em um sonho" e não se lembrar de nada, em depoimento à polícia boliviana, chegou a apanhar do marido da jovem morta antes de ser levado pelos policiais. 
O enfermeiro irá responder por violação de corpo e atos obscenos; forma como a lei boliviana trata de casos relativos à necrofilia.
video
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...