quinta-feira, 28 de julho de 2016

Casal gay estupra e espanca filho adotivo de 5 anos.

A Justiça de SP determinou a prisão temporária de um casal homossexual suspeito de agredir e abusar sexualmente de um menino de 5 anos.

A criança era apresentada aos vizinhos como filho adotivo. Os três viviam em uma casa na zona norte da capital paulista. A empregada do casal estranhou o fato do menino ter ferimentos pelo corpo e não querer sair do quarto nem para ir à escola. Levado ao hospital, a criança deu entrada com sintomas de desidratação, desnutrição e pneumonia em grau avançado.
Ele tinha queimaduras pelo corpo e há sinais de estupros. Na Bahia, a mãe do menino que teria sido vítima de abuso sexual ficou sabendo da história pela televisão e procurou a Rede Record. O garoto deve ter alta médica e o Conselho Tutelar irá avaliar se algum parente tem condições de cuidar do menino.
video
De acordo com o delegado responsável pelo caso, os dois suspeitos já são considerados foragidos e abandonaram a casa onde moravam. Ele disse que vizinhos contaram que os dois foram ao local em uma madrugada para retirar pertences. Um deles trabalha em um hospital como ajudante de limpeza e não aparece há duas semanas. Ele alegou estar com depressão.o que é albergue.
Rede Brasil Noticias
Dupla gay suspeito de abusar de filho adotivo é preso video
O delegado que tem 34 anos de experiência ficou surpreso pelo fato de se apresentarem quatro defensores públicos em defesa dos acusados... Já que em defesa da criancinha... ???? Após a fuga do casal, os dois tentaram suicídio em um hotel em são Paulo. A perícia ainda investiga se houve algum abuso sexual da dupla com o menino de cinco anos.
Vão vendo. Isso é o que dá irem na onda desses gays.
Como tenho dito aqui, não sou contra que dois homens ou duas mulheres se juntem para fazerem sabão. Mas sou contra esse papo de quererem adotar crianças inocentes e que ainda não sabem o que é certo ou errado. Mil vezes que fiquem num orfanato do que nas mãos desses covardes. A criança deve ter a idade da razão para decidir se quer ter o João como pai e o Sebastião como mãe. Ou escolher a Raimunda como pai e a Benedita como mãe. Tenho certeza que se tiverem idades suficientes, se negarão a aceitar qualquer uma das opções. Do jeito como pintam, teremos crueldades como essas ou casos de filhos adolescentes que foram adotados bebes e agora rejeitam os pais gays.
Nada contra, apenas que se dê a Cesar o que é de Cesar e aos gays o que é para os gays. Cada um no seu quadrado e paz para todos.
Passem bem.
Carlos Parrini
Outro "casal" gay estupra duas crianças.
video
SERÁ QUE É PARA ISSO QUE ELES QUEREM SUPER PODERES COM A PL 122??? 

2 comentários:

Leonel disse...

Muitas famílias lutam à anos pra conseguir adotar uma criança, ficam na fila à anos, e muitas vezes não conseguem. Aí vem um casal(?) desse (independente da opção sexual) e faz um absurdo desse! Vão virar "mulherzinha" na cadeia, mas o pior é que vão gostar.

Anônimo disse...

Essa palhaçada já passou todos os limites.
É uma doença física e mental que querem empurrar pra cima de nossas famílias.
Nada substitui o amor de mãe!
Nada substitui o amor de pai!
Muito menos dois anormais ensandecidos
Nada substitui a estrutura da família.!
Mas parece que todos se acovardaram diante dessa aberração.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...